23/08/2011 Quem pode fazer crédito consignado?

Por: Everton Olegário Castro

  O crédito consignado é a modalidade de empréstimo pessoal cujo valor das parcelas mensais é descontado diretamente na folha de pagamento. Este é o motivo pelo qual os bancos disponibilizam esta operação com taxas de juros muito mais baixas do que em outras modalidades como o cheque-especial ou CDC (crédito direto ao consumidor).

    Mas, quem pode fazer o crédito consignado?

    Embora o governo tenha autorizado os bancos a emprestar dinheiro aos trabalhadores de empresas privadas com desconto em folha de pagamento, a grande maioria das operações é realizada para servidores públicos, militares e aposentados e pensionistas do INSS.

    Assim, nossa empresa atua nas operações de empréstimos consignados que envolvem as principais categorias atendidas pelos bancos.

    Como somos uma empresa independente, reúnimos as soluções de diversos bancos e atuamos como um banco de pesquisas, onde o cliente pode enviar seu cadastro e ter a certeza de que será encaminhado para o banco que melhor atende ao seu perfil e suas expectativas.

    Veja no quadro abaixo um resumo dos convênios que mantemos para o crédito consignado, mas não deixe de nos enviar seu cadastro para que disponibilizemos as melhores soluções dentre todas as que o mercado oferece.

SERVIDOR PÚBLICO FEDERAL MILITARES APOSENTADOS E PENSIONISTAS DO INSS

1- Poder executivo (SIAPE) - todos os ministérios, autarquias,

universidades federais e outros - Até 60 parcelas.

2- Poder legislativo federal - Senado e Camara do Deputados

 - até 99 parcelas.

3- Poder Judiciário - Todos os tribunais Federais ou dos estados;

Ministério Público da União e dos Estados - Até 110 parcelas.

1- Aeronáutica - até 60 parcelas.

2- Exécito - até 60 parcelas.

3- Marinha - até 48 parcelas.

1- Planos em até 60 parcelas;

2- Sem taxas adicionais;

3- Liberação ágil e sem complicação.

E não esqueça: mesmo se sua margem já estiver comprometida com outros empréstimos, podemos fazer um refinanciamento parcial ou uma recomposição de dívidas, onde quitamos todos os contratos vigentes e transformamos numa única parcela. Comprove!